Coaching, GTD, Links, Produtividade

Fast Coaching – Dica 1

Fast Coaching –  Dica 1 (Dicas rápidas para seu autodesenvolvimento)
Quer uma boa dica para organizar a sua vida?

Use um aplicativo para celular e anote os seus hábitos de vida e tudo o mais.

Se os anotar – por exemplo, a hora que dorme, a hora que acorda, suas ideias e insights, o que come e quanto faz ginástica – poderá analisar melhor como os seus hábitos e comportamentos influenciam o atingimento de seus objetivos. Assim, poderá implementar mudanças graduais – as mais fáceis e costumeiramente eficientes formas de mudança – ao invés de se debater com “decisões de Ano Novo” que nunca são implementadas.  Continue lendo

GTD, Produtividade

Recomendação de Produtividade – use bem uma Agenda

agendaComo aficcionado do sistema GTD (*) de organização das tarefas no tempo (e não de organização do tempo, pois o tempo não se organiza, o tempo se aproveita), sempre digo que usar bem uma agenda é essencial. E fico impressionado com a quantidade de pessoas que não usam – e até se gabam – de não ter uma agenda.

Seja de papel ou virtual, no celular, tablet ou computador, uma agenda não serve apenas para memória de compromissos, mas também para planejar objetivos e metas. Manter todas as informações na cabeça não é “orgulho de ter boa memória”. Ao contrário, é uma atitude pouco profissional, pois não se está usando os bons recursos de um planejamento das atividades.
Continue lendo

Criatividade, Produtividade, Tomada de Decisão

Sobre inteligência e a porta do armário

image

Ontem eu li  de enfiada um livro de ficção científica do Poul Anderson, intitulado “Onda Cerebral”.
Interessantíssimo. Ele especula se um fenômeno cósmico qualquer alterasse em um picoinfinitésimo as constantes eletromagnéticas. Faria quase nenhuma diferença na física usual mas uma tremenda diferença biológica na célula viva mais aprimorada: os neurônios e suas conexões elétricas.
Em decorrência, animais e humanos ficariam mais inteligentes – animais quase ao nível dos humanos e humanos superinteligentes, com exceção dos retardados mentais, que se tornariam humanos “normais”. Continue lendo

Produtividade, Tomada de Decisão

Algumas dicas para ter sucesso nas promessas de fim de ano

ano novoEm contraposição ao post anterior, pode ser que você esteja pensando em começar o ano com novas decisões de vida, tais como perder peso, entrar em uma academia, parar de fumar. Várias promessas demandam muito esforço, tempo e disposição mas a energia que paira no ar sempre ajuda a esperar mudanças, não é?

Não confie apenas nos bons astrais e na disposição positiva do Ano Novo. Aproveite a energia “pra cima” e defina uma estratégia tanto racional quanto emocional que lhe faça chegar aonde quer. Continue lendo

LdA, Produtividade, Psicomagia

Quais são os seus sonhos?

dreamsQuais são os seus sonhos? Quanta gratidão aplicou hoje a eles? Quanta ação aplicou hoje a eles?

Quer fazer um exercício mental de self-help que vai te fazer bem todos os dias e com certeza vai lhe ajudar a alcançar suas metas? Ele é composto de três passos e é bem fácil de fazer.

Primeiro, liste suas expectativas e padrão de vida que deseja manter, em cada uma das áreas abaixo. Eslas estão listadas pelas similaridades, mas não liste coisas imediatistas. Pense em uma vida ideal que pretende viver e como seria manter este padrão de vida todos os dias de sua vida, até o final dela, seja daqui a um ano, seja daqui a mil anos.

As áreas são cinco:

  • A – finanças e patrimônio
  • B – saúde física e mental
  • C – felicidade, espiritualidade, doação
  • D – auto-expressão, arte e carreira
  • E – família, relacionamentos e amor

Em segundo, liste pelo menos UMA COISA que pode fazer HOJE em cada uma destas áreas. Tenha certeza que a ação é suficientemente pequena e pontual para ser feita completamente HOJE. Se não for, subdivida em partes BEM pequenas. Não é importante mudar tudo em um dia, mas sim TODOS os dias fazer algo que contribua para o seu objetivo.

Terceiro, após fazer esta coisa, pequena e pontual que seja, logo após ESCOLHA sentir uma sensação de bem-estar. Isto é, pense em algo assim como “realmente eu estou fazendo algo que está contribuindo para minhas metas de vida” e sinta-se feliz e grato de acordo.

Não importa se interpreta este exercício como uma atividade metafísica (“O universo conspira a meu favor”) ou como uma atividade religiosa (“Deus me protege e me orienta”) ou se pensa apenas pragmaticamente e cientificamente, que uma atividade repetida metódica e diariamente é a melhor forma de progredir em direção às suas metas, e que a atitude positiva de se fazer isso com alegria estimula a criatividade e a capacidade de resolver problemas. O que importa é que funciona. É infalível.

Use com bom-senso.